John Deere é parceira do 1º Dia de Campo do Projeto Biomas Mata Atlântica

As recentes mudanças no Código Florestal brasileiro provocaram a necessidade das fazendas se adaptarem e adequarem à legislação ambiental e, para auxiliar neste projeto, a Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e a Embrapa criaram o Projeto Biomas. Na sexta feira, 12, pela primeira vez, os pesquisadores mostraram seus resultados após quatro anos de estudos. Sob a coordenação do Governo do Espírito Santo, o 1º Dia de Campo do Projeto Biomas Mata Atlântica, que também contou com apoio da John Deere, aconteceu na fazenda São Marcos, divisa entre os municípios de Linhares e Sooretama, no Espírito Santo.


A iniciativa atua em seis biomas brasileiros (Pampa, Pantanal, Amazônia, Caatinga, Cerrado e Mata Atlântica). A intenção é pesquisar formas sustentáveis de utilizar a árvore dentro da propriedade rural -, bem como gerar resultados científicos a fim de subsidiar discussões técnicas de aprimoramento da legislação ambiental.


Para a Mata Atlântica foram feitos 25 projetos de pesquisa com 85 espécies arbóreas diferentes, entre nativas e exóticas. Segundo Milene Goulart, gerente de Relações Institucionais John Deere Brasil, a Companhia preza a importância de encontrar soluções viáveis para o agricultor – seja no seu portfólio de produtos ou na parceria em projetos como o Biomas.


“Como parte de seu comprometimento com o País, a John Deere está altamente envolvida com atitudes como essa promovida pelo Projeto Biomas. A John Deere investe alto em tecnologias sustentáveis e fáceis de usar, para que seus clientes obtenham cada vez mais rendimento e eficiência em suas lavouras ao mesmo tempo em que preservem os recursos naturais do entorno”, afirma Milene.


No atual cenário em que há um aumento da demanda global por alimentos, a John Deere participa cada vez mais do desenvolvimento de uma agricultura sustentável no Brasil. O apoio ao Projeto Biomas, anunciado em 2011, vem ao encontro da missão da companhia em oferecer tecnologias produtivas e sustentáveis à agricultura brasileira.


O Projeto Biomas é uma iniciativa da Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA) e Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA), Secretaria de Estado da Agricultura, Abastecimento, Aquicultura e Pesca (Seag) e do Instituto Capixaba de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural (Incaper).


Além do Biomas, a John Deere participa ativamente de outro programa tradicional para desenvolvimento de uma agricultura mais sustentável, com maior produção agropecuária e melhor preservação ambiental, o Integração Lavoura-Pecuária-Floresta (ILPF). O projeto apresenta aos produtores, por meio de dias de campo, os benefícios sociais, ambientais e econômicos da rotação de culturas, com pastagens e plantio de espécies florestais.


Mais informações


http://www.projetobiomas.com.br/


Setembro, 2014.