Biodiesel

Biodiesel

Pode ser produzido a partir de óleo de soja, girassol, dendê, entre outras oleaginosas. Também pode ser produzido a partir de gorduras animais

O biodiesel é uma alternativa aos combustíveis derivado do petróleo, pois é fabricado a partir de fontes renováveis, emite menos poluentes que o diesel, é biodegradável, não tóxico e pode ser utilizado em ambientes sensíveis. Tais características auxiliam na redução da dependência de fontes energéticas derivadas do petróleo.

 

O uso de biocombustíveis traz benefícios econômicos, ambientais, desenvolve regiões agrícolas e ajuda a matriz energética do nosso país. O uso de biodiesel também traz melhoras na lubricidade e na redução do teor se enxofre e hidrocarbonetos aromáticos além de possuir uma alta concentração de Cetano, que ajuda na ignição de motores a combustão. Também melhora os níveis de emissões em geral, produzindo uma quantidade menor de fumaça visível, material particulado, monóxido de carbono e dióxido de carbono.

 

O Biodiesel puro não contém petróleo em sua composição, porém a forma mais comum de encontrá-lo no mercado é através de uma mistura com diesel derivado do petróleo, criando assim as misturas de Biodiesel. Essas misturas são classificadas de acordo com a porcentagem de Biodiesel presente em sua composição. Por exemplo a nomenclatura B20 representa uma mistura com 80% de diesel derivado do petróleo e 20% de biodiesel.

Pioneirismo No Campo

A John Deere aprova o uso de Biodiesel (B5) desde 2001 em seus motores. Atualmente todos os motores, incluindo os certificados MAR-1, podem utilizar misturas com até 20% de Biodiesel em sua composição (B20).

 

Todos os motores John Deere podem utilizar misturas de Biosiesel em concentrações de até 20% (B20) que atendam os parâmetros estabelecidos pela ANP (Agencia Nacional do Petróleo)

 

Conheça a nossa linha de aditivos para diesel que ajuda a extrair máxima performance de seus equipamentos

Perguntas Frequentes

O que é biodiesel?

O biodiesel é um combustível renovável, feito a partir de produtos agrícolas, como soja. Ele não contém petróleo, mas podem ser misturados em qualquer nível com o diesel de petróleo para criar uma mistura de biodiesel. Biodiesel refere-se ao combustível alternativo puro antes da mistura com o combustível diesel derivado do petróleo. Misturas de biodiesel são indicadas como "BXX" - onde "XX" representa a percentagem de biodiesel contida na mistura. Por exemplo, combustível B20 é uma mistura de 20 por cento de biodiesel com 80 por cento de diesel convencional, enquanto o B100 é puro biodiesel. O biodiesel pode ser produzido a partir de óleo de soja, girassol, dendê, entre outras oleaginosas. Também pode ser produzido a partir de gorduras animais.

Posso usar Biodiesel nos motores John Deere?

Todos os motores John Deere podem utilizar misturas de biodiesel. Misturas de B5 são preferíveis, mas concentrações de até 20% (B20) podem ser utilizadas.

Quais os principais benefícios da utilização de Biodiesel?

O uso de biocombustíveis traz benefícios econômicos e ambientais, desenvolve regiões agrícolas e ajuda a matriz energética do nosso país. O uso de biodiesel também traz melhoras na lubricidade e na redução do teor se enxofre e hidrocarbonetos aromáticos, além de possuir uma alta concentração de Cetano, que ajuda na ignição de motores a combustão. Também melhora os níveis de emissões em geral, produzindo uma quantidade menor de fumaça visível, material particulado, monóxido de carbono e dióxido de carbono.

Necessito modificar os intervalos de manutenção quando utilizo Biodiesel?

Devido à natureza de solvente do biodiesel e o potencial de limpeza dos depósitos e linhas de combustível do veículo, novos filtros de combustível devem ser instalados quando o biodiesel é introduzido para os motores mais antigos ou usados. Para as duas primeiras trocas, a vida do filtro de combustível será metade do padrão. Consulte o manual do operador do seu equipamento para maiores detalhes sobre intervalos de manutenção.

Existe algum procedimento especial para os equipamentos que utilizam Biodiesel?

A observação de boas práticas é especialmente importante quando o biodiesel está sendo usado. Os procedimentos de manutenção a seguir devem ser observados para equipamentos que utilizam biodiesel:

  • Drene e limpe o tanque de armazenagem de combustível antes e após o uso de biodiesel; Instale tampões e tampas apropriadamente no tanque de combustível para evitar a entrada e acumulo de água;
  • Limpe qualquer derramamento de diesel nas superfícies pintadas imediatamente se usando B20 ou superior;
  • Substitua o filtro de combustível prematuramente nas duas primeiras trocas;
  • Verifique o nível de óleo diariamente antes de ligar o equipamento;
  • Utilize combustível diesel comum para geradores estacionários, aplicações ocasionais/sazonais ou com períodos prolongados de armazenamento ou paradas.

O uso de condicionadores de combustível aprovados pela John Deere contendo aditivos detergentes/dispersantes é obrigatório quando forem utilizadas misturas de B20 ou superior e recomendável para misturas de biodiesel inferiores a B20.

Existem diretrizes de armazenamento de combustível Biodiesel?

As misturas de biodiesel até B20 devem ser utilizados no prazo de noventa dias a contar da data de fabricação do biodiesel. Misturas de biodiesel de B21 até B100 devem ser utilizadas no prazo de quarenta e cinco dias a contar da data de fabricação do biodiesel. A razão para estes períodos de tempo de uso é para assegurar a estabilidade do combustível uma vez que o biodiesel é naturalmente biodegradável. Os tanques de armazenagem devem ser protegidos da luz direta do sol, água, e outros fatores extremos. Eles também devem ser mantidos tão cheios quanto possível para minimizar a condensação de água que acelera o crescimento microbiano dentro do tanque.

 

Para melhorar o armazenamento e estender a vida útil do combustível, a John Deere recomenda o uso de um estabilizador de combustível. Consulte o seu concessionário John Deere para conhecer os estabilizadores aprovados. Para ser eficaz, o estabilizador precisará ser adicionado quando o combustível ainda é fresco (perto do momento de produção).

 

Solicite um certificado de análise do seu distribuidor de combustível para garantir que o combustível esteja em conformidade com as especificações. É recomendado testar o combustível para assegurar que ele continua a atender às especificações.

Como o uso do Biodiesel afeta a garantia do motor?

A garantia John Deere cobre possíveis defeitos de fabricação. Falhas causadas por combustível de qualidade insatisfatória não são passíveis de garantia. Importante: Óleos vegetais crus NÃO são aceitáveis como combustível em qualquer concentração nos motores John Deere. A sua utilização pode causar falha do motor.

Quais as desvantagens do uso de combustível Biodiesel?

O risco de ocorrência de problemas do motor aumenta à medida que o nível de mistura de biodiesel aumenta. Os itens a seguir devem ser considerados ao usar misturas de biodiesel até B20:

  • Espere uma redução de 2% na potência do motor e 3% na economia de combustível quando utilizar B20;
  • Degradação do fluxo de combustível em clima frio;
  • Problemas de estabilidade e armazenamento (absorção de umidade, oxidação, o crescimento microbiano);
  • Possível obstrução e entupimento do filtro (normalmente no começo da utilização de biodiesel em motores usados);
  • Possível vazamento do combustível pelas vedações e mangueiras;
  • Possível redução da vida útil dos componentes do motor;

Além dos fatores supracitados, também devem ser considerados os seguinte itens ao usar misturas de biodiesel acima de B20:

  • Até 12% de redução na potência do motor e uma redução de 18% na economia de combustível quando utilizar B100;
  • Possível carbonização e/ou bloqueio dos bicos injetores, resultando em perda de potência e falha de ignição do motor caso os aditivos e condicionadores de Diesel John Deere não forem utilizados;
  • Possível diluição do óleo do cárter, exigindo trocas de óleo mais frequentes;
  • Potencial corrosão do sistema de injeção de combustível;
  • Possível laqueamento e/ou emperramento dos componentes internos;
  • Possível formação de borra e sedimentos;
  • Possível oxidação térmica do combustível em temperaturas elevadas;
  • Possível degradação dos retentores de elastómero e do material da junta (principalmente com motores mais antigos);
  • Possíveis problemas de compatibilidade com outros materiais (incluindo cobre, chumbo, zinco, estanho, latão e bronze) usados em sistemas de combustível e equipamento de abastecimento;
  • Possível redução na eficiência do separador de água;
  • Potencial de altos níveis de acidez no sistema de combustível;
  • Possíveis danos a pintura caso expostas ao Biodiesel