Imagens de um trator moderno da John Deere ao lado de um arado original

Nossa História

Desde a sua fundação, em 1837, a John Deere fornece produtos e serviços que oferecem suporte a todos aqueles ligados à terra. Conheça a nossa história

  • 1837

    1837

    Em Grand Detour, Illinois, o ferreiro John Deere ouve as preocupações de fazendeiros de que seus arados, projetados para o solo arenoso, não estava penetrando no solo espesso da pradaria. Em resposta, Deere adaptou uma placa com molde de aço altamente polida de uma lâmina de serra quebrada.

  • 1838

    1838

    John Deere, ferreiro, evoluiu para John Deere, fabricante. Mais tarde, ele faz 10 arados em 1839

  • 1848

    1848

    Após 10 anos em Grand Detour, John Deere forma uma nova parceria e se muda para Moline, situada no Rio Mississippi com opções de transporte e energia hídrica. Sua nova fábrica de arados de última geração dobrou a produção no ano seguinte.

  • 1852

    1852

    John Deere compra a parte dos seus parceiros após um desentendimento sobre a qualidade do produto, Deere respondeu "Eles não precisam comprar o que fazemos e alguém vai nos superar e perderemos nosso mercado.”

  • 1858

    1858

    A empresa enfrenta problemas durante um período de pânico financeiro a nível nacional. São feitas várias manobras para evitar a falência. John Deere continua como presidente, mas o poder de gerenciamento passa para Charles Deere, com 21 anos de idade. Ele dirigirá a empresa pelos próximos 49 anos.

  • 1863

    1863

    A Deere lança o Cultivador Dirigido Hawkeye, seu primeiro implemento adaptado para condução. Sua inovação é um pino de madeira que se quebra quando atinge um objeto sólido, protegendo as pás.

  • 1864

    1864

    A John Deere recebe sua primeira patente. É para os moldes usados na fundição de arados de aço. Outra patente é concedida um pouco depois e a terceira em 1865.

  • 1868

    1868

    Após 31 anos como parceiro ou propriedade única, o negócio é incorporado como Deere & Company. Há quatro acionistas iniciais, e John e Charles detém 65% das ações.

  • 1869

    1869

    Charles Deere e o empresário Alvah Mansur estabelecem a primeira filial na Cidade de Kansas, Missouri. Um distribuidor semi-independente é o precursor da organização de vendas atual da empresa. Dentro de 20 anos, haverá cinco filiais pelo país.

  • 1873

    1873

    John Deere é eleito prefeito de Moline e cumpre o mandato por dois anos. Ele é reconhecido por melhorias na infraestrutura de mobilidade, tal como ruas, calçadas, iluminação e esgoto.

  • 1876

    1876

    A Deere registra a marca comercial do cervo há mais tempo no Escritório de Patentes dos EUA. É a marca comercial corporativa americana usada com maior continuidade entre as empresas da Fortune 500.

  • 1877

    1877

    A Deere & Mansur Company é formada em Moline para fabricar semeadoras de milho. Uma organização separada da filial igualmente chamada Kansas City se tornará parte da Deere & Company em 1910. ainda são ptoduzidas no mesmo local, a John Deere Seeding, em Moline, IL.

  • 1878

    1878

    O Arado com Charrete Gilpin, introduzido em 1875, derrota 50 outros arados em um estudo de campo na Exibição Universal de Paris, vencendo o primeiro lugar, que teve como prêmio um vaso de Sevres avaliado em 1.000 francos. As vendas da unidade no ano seguinte aumentam para 5.198 e 7.824 em 1883.

  • 1881

    1881

    A Deere & Company passa a operar na primeira planta com energia elétrica no Condado de Rock Island. Adquirido da Brush Electric Company de Chicago, 1 dínamo, 16 lâmpadas individuais, 1 interruptor e 400 carbonos foram instalados com um custo total de mais de US$ 3.000.

  • 1883

    1883

    Os cinco produtos mais vendidos entre 1879 e 1883 são arados manuais, charretes Gilpin, cultivadores, arados de pé e grades. Os arados manuais são responsáveis por mais vendas unitárias (224.062) do que os outros quatro produtos juntos.

  • 1886

    1886

    O fundador John Deere morre com 82 anos de idade. Alguns meses antes, ele diz a alguém que "durante sua longa vida, foi uma grande fonte de consolação para ele saber que nunca tinha prejudicado intencionalmente ninguém e que nunca colocou no mercado um artigo de má qualidade."

  • 1892

    1892

    John Froehlich testa o primeiro trator movido a gasolina com sucesso. Em 1918, John Deere adquirirá a empresa sucessora, a Waterloo Gasoline Engine Company.

  • 1893

    1893

    A Exposição Mundial Americana é realizada em Chicago. Charles Deere apresenta-se como um dos dois representantes do estado de Illinois. Ele encomenda estátuas de cobre do cervo, que atualmente ainda podem ser vistas na área externa de muitas instalações da John Deere.

  • 1895

    1895

    A revista The Furrow (O Sulco) passa a ser produzida com intuito de ser “Um Jornal para o Fazendeiro” A distribuição da revista cresce para 4 milhões de leitores até 1912. Atualmente, ela é publicada em 14 idiomas e lida em 115 países, a revista agrícola mais amplamente circulada no mundo.

  • 1907

    1907

    O presidente de longa data, Charles Deere, morre e é sucedido por seu genro William Butterworth. Durante seu mandato de 21 anos, as vendas anuais cresceriam de US$ 4,5 milhões para US$ 61 milhões, e a Deere se tornaria líder nos negócios de colheita e trator.

  • 1908

    1908

    Para centralizar a exportação mundial de equipamentos, o Departamento de Exportação da John Deere se instala na Cidade de Nova York. Em 1911, Frank Silloway se torna gerente e viaja para a América do Sul, Inglaterra, França, Áustria e Rússia.

  • 1912

    1912

    Após vários anos de consolidações e aquisições, a Deere & Company conta agora com semeadoras, carrinhos, carroças, semeadoras de grãos e equipamento para feno e colheita entre seus produtos. As vendas crescem de US$ 5,2 milhões em 1910 para US$ 30,7 milhões em 1913.

  • 1918

    1918

    A John Deere entra no ramo de tratores. Em meio ao lançamento do Trator de Tração nas Quatro Rodas, a Deere compra a Waterloo Gasoline Engine Company, fabricante dos tratores Waterloo Boy. A empresa vende 5.634 tratores Waterloo Boy no primeiro ano.

  • 1920

    1920

    Um mercado de tratores supersaturado e especulativo resulta em superprodução da indústria e fraude disseminada. Como resultado, os Testes de Tratores de Nebraska foram introduzidos para implementar os padrões industriais de desempenho. O Teste Número 001 apresenta um trator John Deere Waterloo Boy N

  • 1927

    1927

    A Deere apresenta sua primeira combinação, o Nº 2 de 35 hp, disponível com uma plataforma de 12' ou 16'. Um ano depois, a Deere acrescenta o menor Nº 1, que apresenta uma barra de corte de 8', 10 ou 12'.

  • 1928

    1928

    William Butterworth é eleito presidente da Câmara de Comércio dos EUA. Charles Deere Wiman, piloto do exército descomissionado como capitão após a 1ª Guerra Mundial, é nomeado presidente. Butterworth mantém a influência na posição recém-criada de Presidente do Conselho.

  • 1931

    1931

    Respondendo ao impacto da Grande Depressão, a empresa assumiu US$ 12 milhões em notas de fazendeiros e prazos estendidos nos tratores já adquiridos e maquinário agrícola elétrico. Como resultado, as vendas caíram 86% entre 1930 e 1932, mas resultou em grande lealdade dos fazendeiros.

  • 1934

    1934

    Apesar da época financeira difícil, a Deere continuou a apresentar novos produtos, incluindo o trator Modelo "A". O Modelo “B”, semelhante mas menor, é produzido no próximo ano. Esses dois modelos permanecerão na produção até 1952.

  • 1935

    1935

    O trator Modelo “DI”, o primeiro trator da John Deere construído exclusivamente para uso industrial, é apresentado.

  • 1937

    1937

    Emergindo da Grande Depressão, a John Deere comemora o 100° aniversário ao alcançar mais de US$ 100 milhões em vendas pela primeira vez na história da empresa.

  • 1938

    1938

    O designer industrial Henry Dreyfuss, trabalhando com os engenheiros da Deere, simplifica os Tratores "A" e "B". A preocupação com um design atraente une-se aos valores de utilidade tradicionais que são marcos dos produtos John Deere.

  • 1942

    1942

    O Presidente Charles Deere Wiman aceita uma comissão como coronel do Exército. Burton Peek o sucede como presidente interino da empresa. Antes de retornar para a Deere em 1944, Wiman dirige brevemente o maquinário agrícola e a divisão de equipamentos do Conselho de Produção de Guerra.

  • 1943

    1943

    A Deere fabrica tratores militares, munição, peças para aeronaves e unidades de carga e lavanderia móvel durante a 2ª Guerra Mundial. O Batalhão da John Deere, formado de funcionários e concessionários, conserta tanques na França e na Bélgica durante a Guerra.

  • 1947

    1947

    O Trator Modelo "M" é construído nas novas instalações da John Deere, em Dubuque, IL. Dois anos depois, o “M” é produzido como uma esteira, chamada de “MC”. Com uma lâmina dianteira, ela se torna uma escavadeira. O produto versátil é um precursor dos negócios florestais e de construção da Deere.

  • 1950

    1950

    A colhedora de algodão N° 8 se torna a primeira máquina automotriz de duas linhas. Seu eixo farpado giratório de alta velocidade colhe somente o algodão das bolas maduras a cada vez durante duas ou três colheitas.

  • 1954

    1954

    A John Deere associa as tarefas de colheita e descascamento de milho pela primeira vez. Um cornhead de duas linhas é apresentado e, associado a uma nova Colheitadeira Modelo 45, permite que um fazendeiro colha até 20 acres de milho em uma única operação.

  • 1956

    1956

    A Deere constrói uma planta de montagem de tratores pequenos no México e compra a participação majoritária na Heinrich Lanz, fabricante de tratores e colheitadeiras alemã, com uma pequena presença na Espanha. Atualmente, a John Deere tem negócios em todo o mundo, com operações em 35 países.

  • 1957

    1957

    A Enfardadeira 14T produz fardos bem formados e amarrados. Com o primeiro Ejetor de Fardos N° 1 da indústria, fardos retangulares curtos podem ser jogados em uma carroça, tornando a fenação uma operação individual pela primeira vez.

  • 1958

    1958

    A Deere apresenta a nova divisão de Equipamentos Industriais, integrada com concessionários e uma linha completa de equipamentos de construção. A Esteira 440 é a primeira das máquinas inteiramente amarelas construídas especificamente para aplicações industriais.

  • 1958

    1958

    A John Deere Credit Company, financiadora de compras domésticas dos equipamentos John Deere, inicia suas operações. A nova empresa consolidou as operações financeiras de filiais de vendas e concessionários para fornecer opções financeiras mais eficientes e competitivas.

  • 1960

    1960

    Quatro modelos de tratores “Nova Geração de Energia” chamam a atenção no Deere Day em Dallas. Uma nova linha completa de tratores de quatro e seis cilindros oferece mais potência de cavalos do que os modelos de dois cilindros que a Deere tinha produzido por mais de 40 anos.

  • 1963

    1963

    A divisão de Equipamentos do Consumidor (negócios de Gramado de hoje) entra no mercado junto com os tratores de gramado e jardim além dos acessórios, tal como cortadores de grama e sopradores de neve.

  • 1964

    1964

    O Centro Administrativo da Deere & Company, atual Sede Mundial, é inaugurada. Projetada pelo arquiteto fino-americano Eero Saarinen, ganhará muitos prêmios arquitetônicos.

  • 1965

    1965

    O Skidder 440 da John Deere levou as operações a um novo nível de conforto e segurança com uma cobertura, proteção lateral e escudos para pernas. Ele apresenta tração nas quatro rodas, direção com potência articulada, volante com 42 cavalos de potência e "5 toneladas de engenharia avançada".

  • 1966

    1966

    A John Deere apresenta as primeiras estruturas protetoras reversíveis disponíveis no mercado para tratores agrícolas. Posteriormente, a empresa compartilha a patente, sem custo, para esse importante recurso de segurança, com a indústria.

  • 1967

    1967

    São adicionados operadores ativados por articulação da estrutura para mover-se em declives, em leiras e em valas, enquanto as rodas traseiras permanecem posição estável.

  • 1971

    1971

    Nada Funciona como um Deere™ anuncia as motoneves, um novo produto das Produções da John Deere Horicon. O slogan permanece por muito mais tempo do que a linha de motoneves, que é vendida em 1984.

  • 1972

    1972

    Quatro novos modelos de tratores "Generation II" alcançam o mercado. Os novos modelos aumentam a segurança e o conforto do operador com o conjunto exclusivo Sound-Gard.

  • 1977

    1977

    A Colheitadeira Florestal 743 da John Deere combina a velocidade dos pneus de borracha com o alcance de uma explosão, preparando o caminho para as colheitadeiras modernas de hoje.

  • 1979

    1979

    A John Deere apresenta a primeira colhedora de algodão de quatro linhas da indústria. Os testes de campo indicam que ela aumentará a produtividade do operador em até 85%.

  • 1987

    1987

    A Deere comemora seu 150° aniversário. A renda agrícola reduzida continuada e a diminuição de vendas da Deere levam a uma perda líquida de US$ 99 milhões.

  • 1988

    1988

    Uma empresa mista é formada com a empresa japonesa Hitachi para montar escavadeiras nos Estados Unidos.

  • 1992

    1992

    A John Deere lança a linha de Veículos Utilitários Gator. O modelo 6x4 pode transportar 800 libras em sua caixa de carga e rebocar 1.200 libras.

  • 1994

    1994

    O trator da Série 8000 inicia e estabelece novos padrões em controle, visibilidade, maneabilidade e potência. O trator apresenta um chassi patenteado projetado para raios de giro líder da indústria, nova transmissão e cabine atualizada.

  • 1996

    1996

    A Deere oferece o primeiro pacote de mapeamento de rendimento totalmente integrado, o sistema GreenStar™, para todas as colheitadeiras Maximizer™ da série 9000. Ele forneceu o rendimento em movimento e leituras de umidade, informações de posição diferencialmente corrigidas e processamento de dados.

  • 1998

    1998

    A Deere adquire a Cameco Industries, produtora de equipamentos de colheita de cana-de-açúcar e parceira da Hitachi Construction Machinery Co., Ltd. para fabricar máquinas madeireiras com base em escavadeiras. A empresa mista Deere-Hitachi está produzindo no Canadá, Brasil e EUA.

  • 2000

    2000

    A John Deere adquire a Timberjack, produtora líder mundial em equipamentos florestais e a Waratah, principal frabricante de máquinas florestais, tornando-se a líder mundial inquestionável nos negócios florestais. A John Deere abre uma nova planta de tratores próxima a Pune, na Índia.

  • 2006

    2006

    As Produções da John Deere Tianjin, uma nova empresa de transmissão, abre em Tianjin, na China. No próximo ano, a Deere adquire uma fábrica de tratores em Ningbo, na China.

  • 2009

    2009

    A Deere apresenta a primeira colhedora de algodão que constrói módulos redondos de algodão em movimento. A máquina inativa oferece colheita ininterrupta e algodão com maior qualidade, reduzindo a necessidade e equipamento adicional no campo.

  • 2010

    2010

    A Deere é a primeira empresa a enviar equipamentos de construção com motores acima de 175 cavalos de potência para atender padrões de emissões rigorosos de Interim Tier 4 dos EUA. A primeira colheitadeira de cana-de-açúcar de duas linhas é apresentada na América Latina.

  • 2012

    2012

    Em 2012, a Deere & Company comemora o 175° aniversário de fundação da empresa. Um resposta inovadora para as necessidades de fazendeiros tornou-se a base para mais de 175 anos de comprometimento com aqueles que estão vinculados à terra.

  • 2013

    2013

    "A Revista Smithsonian" seleciona o arado da John Deere como um dos "101 Objetos que Fizeram a América". O arado foi escolhido dentre 137 milhões de artefatos mantidos pelos 19 museus e centros de pesquisa do Smithsonian para integrar a lista de itens que mudaram o curso da história dos EUA.

  • 2014

    2014

    O Grupo de Soluções Inteligentes da John Deere aumenta ainda mais a produtividade ao integrar tecnologia com equipamentos. Usando produtos que coletam, transferem, armazenam e analisam dados, os clientes podem atender às necessidades da população mundial crescente.

John Deere no Brasil

Com visão de futuro e comprometida com os ideais de seu fundador - integridade, qualidade, comprometimento e inovação – a John Deere está no Brasil há mais de três décadas, e atua nos segmentos agrícola, de construção e no mercado florestal, acompanhando o desenvolvimento do País e contribuindo para a produção brasileira de alimentos e fibras, bem como para o avanço da infraestrutura e fontes de energia.

 

Desde 1979, quando iniciou as atividades no País, a John Deere realizou uma série de investimentos e expansões para oferecer soluções integradas e inovações tecnológicas que impactam decisivamente nos negócios dos clientes. São aportes contínuos em pesquisa e desenvolvimento de produtos e serviços, ampliações de unidades fabris e de portfólio de serviços e produtos, além do estabelecimento e consolidação de uma rede de concessionários e distribuidores ampla e profissional, que atende clientes em todo o território.

 

Com uma sólida história e visão estratégica traçada em longo prazo, a John Deere investe continuamente no Brasil, demonstrando ser uma empresa madura e comprometida com o crescimento dos clientes e do País. Somente na última década foram mais de US$ 550 milhões. Tais investimentos resultam em uma marca forte, reconhecida por apresentar soluções inovadoras e tecnologias de ponta, que se convertem em aumento de produtividade, redução de custos, maior competitividade e eficiência operacional e de gestão, abrangendo todas as divisões em que a companhia atua.

 

A John Deere está no Brasil para trabalhar ao lado dos clientes, com o desafio de crescer junto a eles e com o País, uma vez que inspirar pessoas a inovar é contribuir para o desenvolvimento. Com abrangência e capilaridade nacional e exportações que envolvem cerca de 50 países, a companhia mantém atualmente cinco fábricas e conta com mais de quatro mil funcionários.

 

No Escritório Regional América Latina, em Indaiatuba (SP), localizado a 100 km da capital paulista, está a sede latino-americana, que reúne todas as lideranças da empresa nos seus negócios em máquinas e equipamentos para agricultura, construção e indústria florestal, além do Banco John Deere – instituição financeira da empresa.

 

Próximo ao escritório e do aeroporto de Viracopos, em Campinas (SP), está localizado um complexo de negócios da John Deere, que compreende o Centro de Distribuições de Peças (CDP), o Centro de Treinamento e o Centro de Agricultura de Precisão e Inovação da companhia.

Marca comercial do cervo saltando

História do logotipo da John Deere

Um dos logotipos mais reconhecidos do mundo, a marca registrada do cervo saltando, tem sido um símbolo de produtos de qualidade da John Deere há mais de 135 anos. Atualmente é a logomarca corporativa usada há mais tempo entre as empresas da lista Fortune 500 Aqui está a história de sua evolução.