RELEASES   Fevereiro 03, 2017

John Deere discute tecnologia e inovação na Campus Party

Com palestra de Paulo Herrmann, maratona tecnológica entre outras atrações, a John Deere marca presença no evento

Nesta quinta-feira (2), o presidente da John Deere Brasil, Paulo Herrmann, realizou uma palestra no Palco Inovação durante a Campus Party, em São Paulo (SP). O principal tema abordado foi agricultura e quais são as principais tendências tecnológicas do setor, além do papel do jovem participante da Campus na busca por novas alternativas para esse mercado.

Logo no início da apresentação, Paulo explicou um pouco da história da John Deere, que há quase 180 anos, criou uma solução inovadora a partir de uma demanda, sendo até considerada uma start up do século 19, quando o ferreiro John Deere, que a princípio não era ligado à agricultura, desenvolveu o arado que revolucionou a agricultura em 1834.

Hoje, a demanda é tecnológica e o desafio é usar a tecnologia a favor da produção mundial de alimentos para os nove bilhões de pessoas que habitarão o planeta terra em 2050. O agronegócio é o principal setor da economia no Brasil, que foi o único que cresceu em 2016 em meio a um cenário de recessão econômico. “Agricultura é fotossíntese. E fotossíntese é sol. E temos sol durante os doze meses do ano no Brasil”, resumiu Paulo.

Para exemplificar, foi exibido um vídeo que trouxe uma reportagem do Jornal Nacional, da TV Globo, que mostra no dia a dia de uma família urbana, onde está o agronegócio. Os detalhes vão desde as verduras e frutas consumidas, o algodão da roupa, o extrato vegetal de um sabonete até o combustível etanol presente no tanque do carro. “Tudo isso vem do interiorzão”, brinca Paulo.

A palestra despertou o interesse dos campuseiros, os lugares se esgotaram rapidamente e muitas pessoas assistiram a apresentação mesmo em pé. “ É absolutamente necessário que empresas do agronegócio estejam próximas dos jovens, como os participantes da Campus. A tecnologia no campo já é presente e está acontecendo agora”, declarou João Schimansky, campuseiro de Mafra (SC) que está no evento pelo terceiro ano consecutivo.

Hackaton – Para coroar a participação na feira, a John Deere realiza um Hackathon, o primeiro com a temática agrícola feito no Brasil, que vai propor o desenvolvimento de um aplicativo. O evento gerou grande interesse: mais de 450 campuseiros se inscreveram para esta maratona de programação, a fim de desenvolver soluções para o desafio proposto. Desses, 121 são selecionados para, divididos em equipes, desenvolver uma solução em 48 horas.

O resultado será divulgado na cerimônia de encerramento da Campus Party. O grupo vencedor ganhará uma viagem para conferir as inovações desenvolvidas no John Deere Intelligent Solutions Group (ISG), em Urbandale, nos EUA.