Releases   Outubro 17, 2016

Soluções John Deere para colheita é o tema do Especialista em Ação

Especialita em Ação

Quadro exibido no programa Marcas e Máquinas mostra como a Série S proporciona mais produtividade, com alta disponibilidade e baixo custo de operação

A colheita é a última etapa do processo produtivo e também tem alta relevância neste ciclo. E para falar sobre as soluções para colher mais e melhor, a John Deere traz o tema no quadro Especialista em Ação, veiculado no programa Marcas e Máquinas do Canal Rural, no próximo sábado (29), às 10 horas.

Considerado um dos maiores projetos globais da John Deere, a Série S de Colheitadeiras, que conta com seis modelos (S540, S550, S660, S670, S680 e S690) traz equipamentos mais eficientes e realizam o trabalho em um curto espaço de tempo com alto desempenho nas mais variadas condições de colheita. Elas proporcionam um grão mais limpo, com menores taxas de quebra e perdas. Durante a conversa, Fábio Schavinski, especialista em Soluções Integradas em Colheita explicou sobre os principais pontos relacionados à produtividade, disponibilidade e custo de operação. “A Serie S é a única que possui um rotor único segmentado em três partes que são responsáveis pela alimentação, trilha e separação. Além disso, os modelos possuem alta capacidade de tanque graneleiro e alta taxa de descarga, itens que influenciam muito no rendimento operacional do equipamento”, explica Schavinski. Ele ainda ressalta que o sistema de ajuste interage com o operador durante a colheita, que pode ajustar a máquina enquanto está colhendo. Estes acertos são importantes para proporcionar o melhor equilíbrio do equipamento a fim de reduzir perdas, melhorar a limpeza dos grãos e aumentar a velocidade de colheita.

O programa também estará disponível no canal do Marcas e Máquinas do YouTube

Grãos mais limpos

A Série S de colheitadeiras John Deere conta com o conhecido e revolucionário sistema de peneiras DF3, que permite uma operação com qualidade, mesmo em terrenos inclinados. Um sistema simples, de baixo custo de manutenção e sem a necessidade de ajustes ou configurações complexas, reduzindo o tempo com paradas para calibrações.

O grande diferencial é a redução na perda de grãos, chegando até 70% sobre as peneiras autonivelantes existentes, com excelente qualidade, limpando-os melhor e separando-os dos resíduos sem danificá-los. Isto representa uma economia significativa: em uma propriedade de 300 hectares, por exemplo, é possível alcançar até 4 toneladas a menos de perda, o que gera um ganho adicional de R$ 3 mil reais por safra.

Além disso, as colheitadeiras John Deere contribuem para a redução de compactação de solo, tratam e distribuem a palha residual de maneira homogênea na lavoura, proporcionando uma reciclagem dos nutrientes para o solo, motores econômicos e com baixos índices de emissões de gases.

  

Especialita em Ação